Lagoa vai ficar mais doce no final de Julho

Se é daquelas pessoas que só de pensar em D. Rodrigos, tarte de alfarroba ou tortas de laranja, amêndoa e chila, fica com água na boca então o melhor que tem a fazer é visitar Lagoa no final do mês de Julho porque está aí mais uma edição do Doce Conventual nos claustros do convento de S. José.

As freiras deixaram o saber ancestral, perpetuando uma das mais valiosas riquezas gastronómicas do nosso país: a doçaria.  Os segredos foram-se mantendo de geração em geração resultando hoje em deliciosas iguarias doces.

De 20 a 24 de Julho o Convento de S. José em Lagoa recua no tempo e leva os visitantes a uma verdadeira viagem conventual onde os bolos, as compotas, o mel, os frutos secos, caramelizados, o medronho e os vinhos do Algarve marcam presença.

Na sua 14ª edição o evento, com entrada gratuita, promete adoçar todos aqueles que passarem por Lagoa

Manuais escolares gratuitos para os alunos de Lagoa

Os alunos do ensino secundário do concelho de Lagoa irão beneficiar no próximo ano lectivo de manuais escolares gratuitos. A iniciativa, da Câmara Municipal de Lagoa com  a colaboração do Agrupamento de Escolas Padre António Martins de Oliveira, tem por objectivo apoiar e fomentar o ensino secundário no concelho e, com esse propósito, aumentar a capacidade de atração de alunos. A medida, inserida no programa de apoio ao estudo e ensino, abrange este ano os alunos do 10º ano com a bolsa de manuais e a oferta de novos manuais para os que transitaram para o 11º ano e que continuarão a beneficiar deste apoio social extraordinário. Haverá um reforço do apoio a atribuir para o 10º ano, para garantir que os alunos que serão sujeitos a exames bienais e trienais possam manter os livros na sua posse durante o ciclo de estudos.

 

Fatacil apresenta-se renovada para receber grandes nomes da música nacional

É de cara lavada, com um ar renovado, e com um luxuoso cartaz musical que a 37ª edição da Fatacil se apresenta aos visitantes, neste ano de 2016 em que o vinho será o anfitrião de uma feira que é considerada uma das mais importantes a sul do Tejo.

De 19 a 28 de Agosto todos os caminhos vão dar a Lagoa e todos vão poder ver um espaço diferente, pensado para cativar o público. Nesse sentido, estão a ser feitas obras de remodelação na entrada principal e nos palcos onde decorriam os concertos, para além de outras obras significativas no recinto de forma a modernizá-lo e a torná-lo mais atraente a quem visita todos os anos a Fatacil.

Este ano o cartaz musical promete atrair muitas pessoas, a um preço convidativo, pois o preço dos bilhetes mantém-se nos 3,50 euros.

Cartaz Musical:

Dia 19 -DAMA

Dia 20 – Anselmo Ralph

Dia 21 – The Gift

Dia 22 – AGIR

Dia 23 – Miguel Araújo

Dia 24 – Quim Barreiros

Dia 25 – Rita Guerra

Dia 26 – Mickael Carreira

Dia 27 – Ana Moura

Dia 28 – Rui Veloso

O Jazz faz-se ouvir no Sítio das Fontes em Estômbar

Já tem data marcada a 12ª edição do Lagoa Jazz Festival. De 24 a 26 de Junho ouça grandes nomes do jazz nacional e internacional: Franck Wolf e Mieko Miyazaki, Remi Panossian Trio, Guitar Republic Trio, Cláudia Franco 5teto, Pedro Jóia Trio e Tim Tim por Tim Tum. Os sons do saxofone, trompete, piano, harpa, guitarra, acordeão, bateria, trombone far-se-ão ouvir num dos lugares mais belos do concelho de Lagoa. Dois concertos por dia e muita animação. O recinto abre às 19h00.

Celtas e Caretos no Mercado de Culturas… à Luz das Velas

Na sua 3ª edição, o “Mercado de Culturas… à Luz das Velas” vai trazer a Cultura Celta ao Convento de São José e ruas circundantes, de 7 a 10 de julho, das 19h00 à 01h00, depois de ter destacado as Culturas Muçulmana (2014) e Judaica-Sefardita (2015). De caraterísticas únicas em Portugal, este evento dará a oportunidade a mais de 60 artesãos de várias culturas e religiões de conviverem em harmonia e mostrarem as suas tradições, sabores e artes aos visitantes, que se espera sejam cerca de 40.000 nas quatro noites, com entrada livre. Vão estar em destaque as músicas do Mundo Celta, com atuações de Linda Scanlon (Irlanda), Sheela na Gig (Galiza/Reino Unido), Malcolm Macmillan (Escócia) e Morgane Le Cuff (Bretanha). Uma das novidades deste ano será a presença de um grupo de Caretos, que visita o Algarve pela primeira vez. Os Caretos são personagens diabólicas e místicas do carnaval de Trás-os-Montes e Alto Douro, acreditando-se que esta tradição tenha raízes célticas.
Diariamente haverá oficinas de Tarot de Runas e de Tiaras Celtas e também diariamente será realizado, por uma “bruxa”, o ritual “A Queimada” – tradição milenar dos povos da Galiza e Norte de Portugal – que, embora ninguém saiba ao certo qual a origem, há quem a ligue ao dia dos mortos e quem estabeleça relações entre a Queimada Galega e algumas tradições Celtas.
Não faltará também o Conto do Mago Merlin e, naturalmente, um espetáculo de evocação da Beltane, com dança e fogo.
A nível gastronómico, os claustros do Convento São José irão transformar-se numa taberna celta com carne servida na telha, cervejas artesanais e hidromel.
O aspeto mais importante deste evento cultural será o acendimento diário de 12.000 velas, com as quais vão ser desenhados símbolos, amuletos e runas Celtas. Estes símbolos feitos de velas tornaram-se a imagem de marca do evento e estarão posicionados nas entradas e no interior do Mercado e também na Praceta dos Símbolos, constituindo um espetáculo de enorme beleza cénica.
Simultaneamente decorrerá no Convento de São José uma exposição denominada “Máscaras Ibéricas de Tradição Celta” – com 50 máscaras ligadas a cultos celtas, ao solstício de inverno e à fertilidade – e também uma exposição de fotografia, “Portugal Celta”.