Historial da Rádio

Foi pela calada da noite do distante dia 2 de Junho de 1975, que na banda do FM surgiu em Lagoa-Algarve, a emissora pirata RIA-Rádio Independente do Algarve que se afirmava “virada para o povo. Para o servir, cultivar e recrear”. Três anos volvidos, extravasa a Vila de Lagoa.

São instalados dois emissores, um de onda média e outro de FM que propagam a sua emissão a Portimão, Silves, Armação de Pera e Monchique

Não obstante tentativa de legalização, mantém a clandestinidade. Algum tempo depois e apesar do seu equipamento ser confiscado, um pequeno emissor serviu para os seus responsáveis colocarem em horas desconcertadas, a emissão de novo, no ar.

O carisma e a popularidade dos seus locutores foi determinante para que nova mudança fosse uma realidade.

Em Fevereiro de 1986, passa a designar-se RTL-Rádio Lagoa.

Um novo e sofisticado equipamento montado na Fóia, permitiu então que a voz do Algarve fosse ouvida em toda a zona sul de Portugal, incluindo Lisboa e sul de Espanha.

Em a987, e graças à sua programação, surge como uma das rádios mais ouvidas a nível nacional.

Um estudo encomendado pela Secretaria de Estado da Cultura, coloca a Rádio Lagoa a par da RDP, Rádio Comercial, com 22 % de audiência.

Em 1989, dia 6 de Março, por força da legalização, é-lhe atribuída oficialmente, a frequência, passando a designar-se por VOZ DO MAR.

Contudo, e apesar da nova designação, continua a ser mais conhecida por “RÁDIO LAGOA”, fruto da popularidade e muito crédito conseguido, graças à acérrima defesa da música Portuguesa.

Em 1993, classifica-se em 3º lugar no concurso “Jogos de Rádio” e em 1994, obtém o 1º lugar.

De salientar que o concurso “Jogos de Rádio” abrangia todo o território nacional e envolvia todas as rádios locais e regionais.

A RÁDIO LAGOA, é única Estação Emissora sediada no concelho de LAgoa e continua a ser a rádio que os Lagoenses, os Algarvios e Portugueses, guardam nos seus corações, para não falar dos muitos estrangeiros que residem e veem na “Rádio Lagoa”, uma grande defensora das nossas tradições e da nossa cultura.

E é neste contexto que a “Rádio Lagoa” há muito conquistou a confiança e a credibilidade de muitos, sejam eles ouvintes ou anunciantes, credibilidade esta que certamente terá muito a ver com uma postura independente, quer do poder político, quer do poder religioso. Quem não se lembra, por exemplo, das investidas que as rádios locais foram alvo por parte de algumas crenças religiosas ?

Na altura poucas foram as que resistiram e a “Rádio Lagoa” foi uma das que sempre recusou tais negócios.

Os seus directores preparam o futuro de uma rádio que já passou pr muitas vicissitudes, mas sempre superou as investidas dos menos escrupulosos. O tempo tem-lhes dado razão.

No estudo de audiência da rádio em Portugal, encomendado pela Secretaria de Estado da Comunicação Social à Marktest, no ano de 1998, a “Rádio Lagoa”, surge, na região do Sul, como uma das sete rádios locais mais ouvidas.

No Algarve, são 3 as rádios locais referenciadas no estudo, sendo uma delas a VOZ DO MAR “Rádio Lagoa”, como as mais ouvidas pelos residentes, para um universo de 21 frequências locais atribuídas na região Algarvia.

O trabalho que tem vindo a ser desenvolvido pelos actuais responsáveis da “Rádio Lagoa”, que em Junho de 2003, comemou 14 anos de emissões oficiais e regulares, é assim reconhecido pelos muitos milhares de Algarvios, que elegeram a “Rádio Lagoa” como uma das rádios locais mais ouvidas na sua região, reconhecimento esse igualmente patente no distrito de Beja e sul do distrito de Setúbal

Esse reconhecimento é demais evidente, quando nas preocupações dos responsáveis da “Rádio Lagoa”, sempre têm estado presentes na divulgação da música Portuguesa, as questões culturais, sociais e politicas. Uma credibilidade evidenciada, quer no seio dos seus ouvintes, quer no seio dos seus anunciantes

De referir ainda que, no dia 10 de Junho de 2002, dia em que foram comemorados 23 anos de emissões oficiais e regulares, a Rádio Lagoa, passou a emitir também em 100.0 FM. Esta micro-cobertura, instalada na Vila de Ferragudo, teve como objectivo oferecer uima melhor cobertura na zona poente do concelho de Lagoa.

Duas notas finais. A primeira parareferir que a programação da Rádio Lagoa, está dirigida para todos os públicos, embora se constate que é a partir da idade dos 22 anos, que tem uma maior incidência.

Sobre o teor dos programas, queremos salientar que temos um pouco de tudo. No entanto, são os programas onde damos a voz aos ouvintes, aqueles que têm mais relevo. É neles que são tratados os pequenos e grandes problemas sentidos pelos habitantes do Algarve e que depois de canalizados para as autarquias, são resolvidos mais rápidamente. Isto porque, a ligação entre esta Estação Emissora e as autarquias são óptimas, salvo raras excepções.

Como nota final e para a história da Rádio Lagoa, desejamos acrescentar que por razões de diversa ordem, o ALVARÁ DE EMISSÃO que era pertença da VOZ DO MAR-Cooperativa de Rádio Parchal, CRL, pasou para uma empresa por quotas com o nome de LAGOANIMA-Empresa Radiofónica e de Comunicação de Lagoa,Lda, desde o dia 6 de Fevereiro de 2003, sendo os seus sócios, os mesmos da VOZ DO MAR.

Lagoa, Ano de 2003